16 de nov de 2010

Infância Violentada

A fase mais bela da vida é a infância. Na infância nossos neurônios ainda em estão em formação, nosso cérebro ainda não consegue distinguir a real situação da vida, pois precisamos do norteamento real do que seja a vida a posteriori. Com o crescimento evolutivo nossas células vão amadurecendo e com elas outros órgãos vitais do organismo. O pensamento que se passa na psicosfera infantil é o divertimento acoplado ao afago dos familiares. Toda criança merece amor, carinho, dedicação e atenção especial das autoridades sem diminuir a responsabilidade dos pais e do seio familiar. A família é a célula mater da sociedade. Fazer uma criança sofrer, passar privações, fome, miséria, deixá-la sem educação, saúde e segurança são detalhes inadmissíveis. Sem escola, abusada, mãe aos 11 anos, rejeitada, esse é o drama da menina sem certidão de nascimento, nunca frequentou uma escola, foi vítima de abuso sexual por um vizinho, engravidou e teve o filho há cerca de uma semana. Mãe e filho estão bem.



O bebê está em observação no HGF (Hospital Geral de Fortaleza) por ser prematuro. “De acordo com a conselheira do Conselho Tutelar II, Marylene Nogueira Marques, além de não ter certidão de nascimento, a mãe foi à informadora de sua idade”. Acontecimentos trágicos como este acontecem todos os dias neste brasilzão de meu Deus. Aqui devemos fazer uma conotação, visto que o nome do mostro foi omitida pela mídia impressa que noticiou o ocorrido. A violência sexual, o abuso sexual tem aumentado assustadoramente. A gravidez é de risco para garotas com menos de 15 anos. O abusador na época foi preso, mas não teve seu nome divulgado. O Conselho Tutelar está trabalhando para encontrar um membro da família que possa acolher o bebê de maneira adequada.



Pode ser um tio, tia, ou avós, alguém. “O vínculo familiar é muito importante” disse a responsável pelo conselho. Queríamos ressaltar o belo trabalho que vem desenvolvendo com as crianças, o projeto “pró-criança cardíaca” que tem o site: http://www.procrianca.org.br/. Outro projeto que envolve uma grande de televisão, o “Criança Esperança” nos parece muito tímido pela quantia que já foi arrecadada por anos a fio. Lançada em 1986, num programa especial dos Trapalhões, com 9 horas de duração, a Campanha Criança Esperança estimulou a sociedade a discutir sobre a situação das crianças e jovens brasileiros. Ao divulgar a Declaração Universal dos Direitos da Criança, a campanha contribuiu para a inclusão do artigo 277 na Constituição Federal de 1988, que garante os direitos das crianças brasileiras. Dois anos depois, este artigo deu origem ao Estatuto da Criança e do Adolescente.



Reconhecido pela ONU como modelo internacional, o Criança Esperança incentiva o debate sobre políticas públicas e transforma vidas. Durante dois meses, toda a programação da Rede Globo se une para apresentar temas relacionados à campanha, produzindo reportagens e quadros especiais, além de campanha específica, com o objetivo de prestar contas sobre a aplicação dos recursos arrecadados. Como vivemos num País onde a corrupção predomina temos visto muitos artigos falando mal deste projeto da Rede Globo e que tem a frente o humorista Renato Aragão. (Didi). É um projeto multimídia voltado para a educação, cujos projetos e produtos-livros, vídeos, CDs, brinquedos e jogos estimulam o lazer construtivo, o hábito da leitura e o desenvolvimento das potencialidades criativas. Somos um grupo de educadores, consultores, autores, ilustradores e designers decididos a colaborar para a melhoria da qualidade do ensino e dos materiais educativos.



O tema central é o "desenvolvimento social" em que "mais e melhor educação" atua como ferramenta instrumentalizadora para o progresso individual e social, no sentido de alcançar uma melhor qualidade de vida. No programa Crianças Criativas - acreditamos que a partir do estímulo e desenvolvimento da criatividade torna-se mais prazeroso estimular a fantasia, o habito da leitura e o lazer construtivo, despertando as potencialidades criativas do leitor.



Nos Kits das Crianças Criativas, nos apoiamos nas vantagens de uma abordagem multimídia. Um projeto excepcional que deveria ser copiado por muitos governadores de Estados e Prefeitos das capitais brasileiras. O que é bom e traz benefícios para a gurizada não é feio copiar. Adultos e Crianças Criativas e o Projeto do Milênio da ONU (Organização das Nações Unidas).



Os Programas Adultos e Crianças Criativas e o Família Brasileira Fortalecida estão comprometidos com o Projeto de desenvolvimento do Milênio das Nações Unidas. O Projeto do Milênio foi especialmente constituído pelas Nações Unidas, em 2002, para desenvolver um plano de ação concreta para que o mundo reverta o quadro de pobreza, fome e doenças opressivas que afetam bilhões de pessoas.



O Plano Global propõe soluções diretas e atua com forças tarefas para que os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio sejam alcançados até 2015, tanto em países pobres quanto em países ricos. Se, em 2005, o mundo adotar e seguir um plano para alcançar os nossos Objetivos. Poderemos alcançar em 2015 com um sucesso sem precedentes na redução da pobreza, doenças, fome e discriminação nos países mais pobres. Ao fazer isso, nós não somente salvaremos dezenas de milhares de vidas, mas também ajudaremos o mundo a alcançar a paz e a segurança que almeja.



As 13 principais forças tarefas estão subdividas nas seguintes temáticas: 1 – Fome; 2 – Educação; 3 - Igualdade de gênero; 4 - Saúde infantil e saúde materna; 5 – AIDS; 6 - Acesso a medicamentos essenciais; 7 – Malária; 8 - Tuberculose; 9 - Meio ambiente; 10 – Água; 11 - Moradores de assentamentos precários12 – Comércio; 13 - Ciência, tecnologia e inovação. Conheça mais sobre as 13 forças tarefas nos artigos seguintes deste site. Saiba mais sobre o Programa "Família Brasileira Fortalecida, que contribui para o Fortalecimento das Competências Familiares na Atenção às Crianças de zero a seis anos", visite o site http://www.familiafortalecida.org/ Fonte: PNUD-Brasil 2005. Maravilhoso sobre todos os aspectos e muito abrangente, projeto dinâmico que precisa ser mais divulgado. Queremos ressaltar também a importância dos pais na educação dos filhos, independente de classe social. Ser pobre não tira pedaço de ninguém.



Não devemos confundir pobreza com falta de responsabilidade, desleixo, sujeira. Existem milhares de famílias de pouca posse no Brasil que são dignas de respeito. O futuro do Brasil está nas mãos das crianças. A coisa mais linda que pode existir é o sorriso de uma criança, por isso o Mestre Jesus afirmava com tanta veemência: “Deixai vir a mim as criancinhas, pois elas herdarão o Reino dos Céus”. Voltando ao - “Criança Esperança”, em 2009, o Criança Esperança completa 24 anos. Até aqui, mais de 200 milhões de reais em doações foram investidos no Brasil em mais de cinco mil projetos sociais.



Tais contribuições garantiram os direitos de mais de quatro milhões de crianças e adolescentes, ajudaram a reduzir a mortalidade e o trabalho infantil, a combater a exploração sexual de meninos e meninas e a preparar jovens de baixa renda para o mercado de trabalho. Para uma população estimada em 180 milhões de habitantes o número de crianças não chega a ser o ideal. Desigualdade social aumenta a vulnerabilidade das crianças.



Para encerrar esta pendenga que já se arrasta há anos o governo seja ele qual fora deveria colocar seus batalhões de Serviço Social em atividade, pois alguns homens ficam bestializados diante da prática do sexo e as crianças e adolescentes são as vítimas preferidas por este rol de homens doentes precisando de tratamento urgentíssimo. Já se foi o tempo em que os Agentes Diretores passavam o dia todo nos seus luxuosos gabinetes, mas pelo crescimento desordenado das cidades a sua presença na comunidade é indispensável, aliás, o que estão fazendo os Secretários Regionais? Suas presenças estão sendo solicitadas nas Comunidades de bairros. Pensem nisso!



ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI-ALOMERCE E AOUVIR/CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário