6 de mar de 2010

Muitas vezes os pais ficam confusos de como educar seus filhos, alguns tem medo do exagero e outros temem pelos filhos crescerem sem limites e não economizam nas broncas, às vezes terminam não prestando a atenção nas palavras e na maneira como dizem certas coisas. E terminam usando expressões confusas, que causam ressentimento e como conseqüência geram traumas nas crianças. E esses traumas são um bom caminho para desencadear depressão infantil, problemas de convívio, comportamentos agressivos, complexo de inferioridade e outros problemas. Por isso, a importância do cuidado com as frases dita as crianças. Baseado em relacionamentos de pais e filhos, o professor e psicólogo da Dickinson University, Charles Schaefer formulou uma lista de frases que jamais deveriam ser ditas as crianças. Dê uma olhada e reflita sobre elas, veja o quanto elas podem traumatizar uma criança e trazer vários problemas futuros. Algumas delas são: “Sacrifico minha vida pessoal para cuidar do meu filho, espero que ele reconheça isto um dia”, “Eu preferiria que você não tivesse nascido”, “Você nunca vai ser nada na vida”, “Estamos nos (os pais) separando por sua causa”, “Por que você não é como seu irmão?”, “Se fizer isso de novo vou chamar a polícia e mandar lhe prender”, “Faço tudo por você e não recebo nada em troca”, “Não acredito que você esteja com medo desse cachorrinho tão manso, é um medroso mesmo!”. Essas são algumas frases ditas muitas vezes sem pensar, em um momento de raiva nem medimos o poder das palavras e assim acabamos magoando a pessoa mais importante na vida de um pai. Causando traumas para o resto da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário